O Hipercusto permite, através do módulo Trocar dados enviar, através de arquivos em disco, informações que foram registradas no Hipercusto para outros sistemas assim como receber dados provenientes de outros sistemas.


Abaixo estão relacionados os arquivos que poderão ser importados/exportados sendo que gostaríamos de fazer as seguintes ressalvas:


  • Ao importar um arquivo para o Hipercusto, você deverá ter certeza de que os dados constantes nestes arquivos estão totalmente corretos evitando, assim, carregar dados inconsistentes no sistema.
  • Na importação de dados os campos poderão ou não ter os nomes de acordo com os informados, assim como a ordem dos campos poderá ou não ser a indicada. Se você seguir a ordem e o nome dos campos conforme eles estiverem descritos, o processo de importação será muito mais rápido.
  • Conforme mencionado no auxílio do módulo Trocar dados o Hipercusto aceita a importação de arquivos que estejam nos formatos TXT (tamanho fixo), CSV, XLS, DBF, ODT, XML entre outros.
  • Consulte o tópico Tipos de arquivos suportados para conhecer as limitações de cada formato de arquivo suportado pelo sistema.
  • Cada campo possui as seguintes definições:
    • Nome do campo: indica o nome do campo que será gravado no arquivo de exportação, sendo que na importação o campo poderá ou não ter o nome informado conforme o indicado. Deverão ser respeitadas as particularidades do formato de arquivo selecionado, isto é, arquivos DBF aceitam nomes de campos de no máximo 10 caracteres enquanto que TXT os nomes dos campos poderão ter qualquer tamanho.
    • Tipo de campo: é o tipo do dado que será gravado no campo, podendo ser:
      • Alfanuméricos: o campo poderá preenchido com letras e/ou números além dos caracteres: -  (  )  =  +  -  _  @  #  $  %  &  *  {  }  [  ]  <  >  |   :
      • Caractere: o campo poderá ser preenchido com qualquer tipo de caractere como: letras, números, símbolos, letras acentuadas, etc. Este tipo de campo grava textos no padrão UNICODE, permitindo registrar praticamente qualquer tipo de acentuação ou símbolo existente no Windows.
      • Inteiro: o campo poderá ser preenchido apenas com números e o valor informado não poderá ter casas decimais e deverá ser maior que zero.
      • Numérico: indica que o campo aceita apenas números, ponto decimal e, em alguns casos, o sinal negativo antes do número.
      • Data: o campo contém uma data válida.
      • Data/Hora: o campo contém uma data e horário válidos
      • Tempo: campo tipo horário gravado no formato: HHHH:MM:SS.CC onde HH indicam as horas, MM indicam o minutos, SS indicam os segundos e CC indicam os centésimos de segundos. Veja alguns exemplos de valores para esse campo:  
        • 0000:20:00.00: indica 20 minutos
        • 0001:05:30.00: indica 1 hora, 5 minutos e 30 segundos
        • 0000:01:15.45: indica 1 minuto, 15 segundos e 45 centésimos de segundos
        • 0002:45:27.85: indica 2 horas, 45 minutos, 27 segundos e 85 décimos de segundos
        • 0000:00:01.50: indica 1 segundo e 50 décimos de segundos
        • 0000:00:00:90: indica 90 décimos de segundos
        • 0048:30:00.00: indica 48 horas (ou 2 dias) e 30 minutos.
      • Texto: o campo pode conter qualquer tipo de caractere, números, símbolos, caracteres especiais, etc. Este campo não é suportado em todos os formatos, por exemplo, se estiver importando/gerando um arquivo no padrão DBF ele poderá conter quaisquer caracteres e além de poder ter várias linhas, já no padrão CSV esse campo poderá ter, no máximo, 1 linha (até o limite de caracteres do campo).
      • Lógico: composto por apenas dois valores True quando o campo estiver ligado e False quando o campo estiver desligado.
    • Tamanho: indica o número máximo de caracteres que poderá ser gravado no campo. No caso dos campos Data, Data/Hora e Lógico o número de caracteres variam de acordo com o formato de arquivo escolhido.
    • Decimais: Quando o campo for numérico, indica o número máximo de decimais que o valor informado poderá ter. Lembre-se de que o Hipercusto pode ser configurado para trabalhar com um número variável de casas decimais, assim, se o valor gravado no arquivo tiver um número de casas decimais maior do que o definido no sistema as casas decimais excedentes serão automaticamente ignoradas.
    • Obrigatório: Utilizado apenas quando se desejar importar um arquivo, esta coluna indica se o campo é ou não obrigatório, onde:
      • Sim: indica que o campo deverá existir e estar corretamente preenchido no arquivo para que o mesmo possa ser importado.
      • Não: o campo poderá ou não estar preenchido para que o arquivo possa ser importado. Ainda neste caso, o campo nem precisará existir na estrutura do arquivo para que o registro possa ser importado.
    • Descrição: é um resumo informando o tipo de informação que deverá ser gravado no campo informado.


  • Utilize o módulo "Dicionário de dados" para conhecer o layout (campos disponíveis) da tabela que será importada ou exportada.